quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Dentes Inclusos - Dente do Siso

1 - Dente do Siso Superior Incluso // 2 - Dente do Siso Inferior Incluso


De algumas décadas para cá, a sociedade moderna e industrializada impôs um ritmo de vida acelerado à humanidade. Neste ritmo de vida a introdução da alimentação tipo “fast-food” (alimentação rápida) vem se tornando cada vez mais abrangente à população dos quatro cantos do mundo.


Alimentos cada vez mais fáceis de mastigar, junto com o acesso das classes sociais em geral a todas essas tecnologias alimentares modernas, vêm tornando o menor desenvolvimento dos ossos envolvidos na mastigação uma barreira para o posicionamento dos dentes na boca.

Além disso, por uma questão evolutiva, pois a natureza é econômica, o ser humano, que já havia perdido o 4º Molar há alguns milhares de anos atrás, vem apresentando um índice cada vez menor de existência dos terceiros molares, que são os “famosos” dentes do Siso, ou dentes do juízo, e também dos caninos e incisivos laterais superiores.

Esses índices evolutivos, embora em ascensão, ainda são pequenos. Portanto, devido àquele menor desenvolvimento ósseo citado anteriormente, e também a condições genéticas e outros fatores, este 3º Molar geralmente se apresenta em uma posição difícil de “nascer”, acarretando em problemas bucais variados, de gravidades leve, moderadas e até severas.



            O que são dentes inclusos?

         São dentes que mesmo depois de terem se formado completamente, ainda não erupcionaram (nasceram) no tempo ideal.

            Os dentes ainda podem estar semi-inclusos ou impactados. (condições de erupção parcial)
Dente do Siso: várias posições encontradas



            Dentes Inclusos devem ser sempre removidos?

Em um grande encontro mundial de Odontologia realizado nos EUA foi discutido, entre renomados estudiosos e doutores na área odontológica, a necessidade da retirada destes dentes inclusos no osso.

A conclusão foi unânime: dentes inclusos devem ser retirados sempre como forma de prevenção.



Quais são os problemas que podem ocorrer se não forem removidos?

- Cáries e problemas de canal: causados pelas dificuldades de higienização, inclusive nos dentes vizinhos.

- Problemas Periodontais (de gengiva): geralmente causados nos dentes vizinhos.

- Pericoronarite: inflamação, muito dolorosa, do capuz de gengiva que fica em cima do dente com dificuldade de “nascer”.



- Cistos e tumores: existe uma bolsa de tecido que envolve e auxilia o dente durante seu nascimento. Se o dente não chega em posição de mordida, esta bolsa não é inteiramente reabsorvida e pode gerar estes problemas mais graves.



- Reabsorção da raiz de dentes vizinhos: esta mesma bolsa ainda pode reabsorver a raiz de dentes que estão em contato com ela, causando a perda pré-matura desses dentes.

- Fraturas na Mandíbula: decorrentes dos cistos e tumores, ou fragilidade devido à posição do dente incluso.

- Problemas ortodônticos: má posição dentária, “apinhamento ou encavalamento” dos dentes.

- Dores de cabeça e articulares, distensões musculares, fadiga em excesso e etc.



Como saber se tenho dente do siso e se necessito removê-lo?

O dentista é o profissional de saúde indicado para o diagnóstico de dentes inclusos.

Em alguns casos o ortodontista indicará a remoção do dente do siso para ajudar a conseguir espaço para a movimentação ortodôntica com o aparelho dentário.

Com o auxílio de uma radiografia panorâmica avaliaremos a presença e o posicionamento do dente e como e quando ele deve ser retirado. Em alguns casos necessitamos de uma tomografia para melhor planejamento cirúrgico.



A cirurgia é um procedimento feito cuidadosamente e o pós-operatório é bem controlado com a medicação pré e pós-operatória prescrita.

Abaixo temos um vídeo que demonstra como é realizada uma das técnicas cirúrgicas empregadas para a remoção de um terceiro molar semi-incluso.




E depois da cirurgia, como estarei?

Geralmente o pós-operatório da remoção de dentes do siso é bem satisfatório, desde que sejam seguidas as recomendações passadas ao paciente.

Como cada ser humano é único e responde diferente a determinados estímulos e procedimentos, esta condição pode variar e deve ser relatada sempre.


Lembre-se que as visitas regulares são sempre o melhor método para determinar a idade e período ideal para ser realizada a intervenção cirúrgica.

Nós, da Luz do Sorriso Odontologia Integrada, estaremos sempre feliz em recebê-los para esta visita regular e ainda contamos com o conhecimento e experiência necessária para a realização deste procedimento.

Aguardamos o seu contato para o esclarecimento de qualquer dúvida no telefone (12) 3832-1542.


Nenhum comentário:

Postar um comentário